Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

t r i c i c l o ck

t r i c i c l o ck

30 Mai, 2020

Espelho

    O que a seguir se lerá é a mera transcrição de uma carta que recebi na minha caixa do correio. Omito apenas o nome do remetente, cumprindo o seu desejo expresso na missiva.   Lisboa, 20 de Abril de 1998 Excelentíssimo Senhor,    Começo por lhe dar uma satisfação relativamente ao motivo que me levou a escrever-lhe esta carta, tanto mais que não tenho o prazer de o conhecer pessoalmente, nem Vª. Exª me conhece. Sucede que soube do interesse que alimenta por factos (...)
   O rei Elvis Presley inspirou Jim Morrison que morreu jovem e gordo. Jagger e Richards fizeram de Lennon e Mcartney uns tótós. Ian Curtis matou-se a ouvir o The Idiot de Iggy Pop. Iggy Pop abriu o caminho punk e misturou Morrison com Jagger. Yoko Ono acabou com os Beatles, os Sex Pistols disseram que não havia futuro e Kurt Cobain matou-se aos 27 anos, jovem e bonito.
19 Mai, 2020

Viajantes

   «Afonso Vaz, cristão-novo, natural de Abrantes, mercadejava por Castela. (...) Em 13 de março de 1591, partiu de Castelo Branco [1] atrás de um mercador lisboeta seu devedor. Gastou 10 dias de Castelo Branco até Madrid [2] e outros dez a Alicante [3]. Em Alicante embarcou numa nau genovesa que demorou 16 a 17 dias a levá-lo a Livorno [4]. De Livorno a Veneza [5] gastou 10 jornadas. (...) De Veneza navegou para Corfu [6] com dois portugueses (...). Gastaram 19 dias. De Corfu (...)
  No dia em que morreu Frank Sinatra, Era um dia trovoento de maio, Eu lembro o tanto que esta vida farta Enquanto anónimo dela eu não saio.   A morte que da vida nos aparta Num segundo certeiro como um raio Deixa apenas que possa assim explicar-ta: A morte é infinito onde eu me espraio!   Pega no facho que herdei de meu pai, Eleva essa luz onde o Sol não vai. Não receies nunca a adversidade.   Quem assim vive na morte não cai. Morre e, ao soltar o último ai, Pisa o trilho que (...)
 No dia 14 de julho de 1749, a meio da tarde, no porto de Havana, fazia um calor insuportável. Brook Watson, um grumete de 14 anos, decidiu refrescar-se com um mergulho retemperador na baía, lançando-se da amurada do navio. Brook nasceu em Plymouth e era órfão de pai desde os 11 anos, quando foi enviado para Boston, onde o tio lhe destinou a vida de marinheiro. Jovem e ignorante dos perigos dos mares caribenhos, desconhecia que as águas estavam infestadas de tubarões. Quando a (...)
03 Mai, 2020

Peregrinação

Ia solitário o peregrino Absorto pela estrada fora. Ia só e sem destino Sem pressa e sem demora.   "- Onde vais, ó caminhante?" Perguntaram-lhe quando passava. "- Não sei. Sigo só e adiante." Tal disse a quem o perguntava.   "- Segue este rumo, ó andarilho!" Lhe disseram à beira d’um cruzeiro. "- Sigo só este que é meu trilho e o meu trilho é o mundo inteiro."   "- Não vás por aí, ó vagabundo!" O avisaram em certa encruzilhada. "- Eu sou dos caminhos do mundo e da vida (...)
   Será que as crianças possuem um sentimento (quase) inato de justiça? Será que os bebés raciocinam moralmente? J. Kiley Hamlin, professora da Universidade de British Columbia, realizou uma experiência fascinante: bebés com idade entre os 6 e os 12 meses assistiram a uma representação em que um círculo vermelho tentava subir uma rampa inclinada. Um quadrado azul auxiliava-o (helper), enquanto um triângulo amarelo o impedia (hinderer) de atingir o cume. No final, a criança era convi (...)
   Manuel Campello tinha 18 anos mas insistia, vá-se lá saber porquê, que tinha apenas 14. Trabalhava como moço de lavoura na Herdade da Alcudia, próximo de Elche, província de Alicante. Estava-se no pico do verão, nos inícios de agosto, o calor mediterrânico forçava a pausa e Manolico, assim o chamavam, levava de beber aos cavadores, que se regalavam com a frescura da água à sombra de uma figueira. Enquanto bebiam, o falso petiz entretinha-se com uma ferramenta pousada, — (...)
   Todos os ricos querem garantir que a sua memória perdurará para além da morte. A sua ambição e a fanfarronice dos artistas complementam-se — diz-nos Fernand Braudel —, numa aliança que caracteriza a modernidade despontada na Renascença italiana e que se expandiu até aos nossos dias. O colecionador tem o dinheiro e o inconformismo, o artista tem o poder simbólico. O primeiro acumula para exibir, criando um mundo próprio fora do plano utilitário mas aquém do religioso. (...)
   No começo das suas aventuras, o engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha, depois de armado cavaleiro, comete a sua primeira façanha. Ao ver um pobre adolescente de 15 anos a ser vergastado por um lavrador, intercede em favor do miúdo. Depois de interpelado pelo Cavaleiro da Triste Figura, o homem explica-se, dizendo que o rapaz era seu criado e que o castigava porque ele se desleixava no cumprimento do trabalho. O adolescente era guardador de ovelhas, prosseguia o lavrador, mas (...)